Jornal

Fátima Pereira: a primeira mulher a abrir uma escola de condução no Luxemburgo

22/05/2013 11:22

“A vida fez-me crescer muito cedo!”

Fátima Pereira: a primeira mulher a abrir uma escola de condução no Luxemburgo

Chegou ao Luxemburgo com 17 anos oriunda duma aldeia do distrito de Coimbra.
Cedo percebeu que sem estudos não ia a lado nenhum. Tirou o curso de instrutora. Volvidos 17 anos abriu uma escola de condução.


Aos 14 anos Fátima ficou órfã de mãe acabando por ficar sozinha com o pai: “aprendi muito cedo a tomar conta da casa, dos animais que tínhamos e estudava ao mesmo tempo”. Sempre foi uma mulher proactiva. Na escola estava presente em varias atividades desportivas. Como mulher católica não deixava de frequentar a igreja. Com todas estas atividades não lhe sobrava tempo para fazer asneiras…

Com a morte da mãe foi obrigada a ter de ser ela a orientar a casa e a tomar conta do pai: “a vida fez–me crescer muito cedo“.

Com apenas 17 anos casou com um emigrante no Luxemburgo, o que originou a sua vinda para o Grão-Ducado. Conheceu-o, na igreja, durante umas férias de Verão. Quando chegou começou a trabalhar como mulher de limpezas. Durante oito anos fez um pouco de tudo, até que nos últimos dois anos, foi incumbida de tomar conta de uma senhora que se encontrava limitada fisicamente.

Para Fátima toda essa experiência vivida em casas de luxemburgueses permitiu-lhe aprender o francês, conhecer o país e ter uma outra visão da vida. Percebeu que, sem estudos, não iria muito longe, embora sentisse que tinha capacidades para tal. Foi, então, que decidiu pedir equivalência dos estudos em Portugal, também por influência de uma patroa luxemburguesa que lhe dizia diariamente que poderia enveredar por outra profissão.

Inicialmente pretendia dar continuidade aos estudos como enfermeira, um sonho que trazia já de Portugal. No entanto, tal não lhe permitiria trabalhar em simultâneo, uma vez que comprometia a estabilidade financeira familiar.

Foi então que através da ADEM foi parar a uma escola de condução Para Fátima essa notícia “foi como levar um balde de água fria, pois era uma profissão para homens”.

Fátima não se deixou, porém, intimidar por esse conceito, uma vez que segundo confessou “uma pessoa é o que mostra e não a profissão que exerce“. Contactou a escola onde tinha tirado a sua carta de condução e deu início a todos os procedimentos necessários para se tornar instrutora de condução. Passou por todos os testes teóricos e psicotécnicos e a 13 de Agosto de 2004 fez o seu exame final com sucesso. Em 2006 tinha o seu diploma!

Mas o seu sonho não seria ficar por aqui. No ano seguinte Fátima decidiu iniciar o curso para perita de condução. Três anos de trabalho semanal e aulas complementares aos fins-de-semana. Um objetivo sem o qual não seria possível o apoio familiar (e moral) dos que lhe estão mais próximos. Passou em todos os exames à primeira tentativa, até que em 2010 restava apenas o exame final com um júri composto por outros peritos em condução, no qual viria a ser chumbada. Aqui Fátima sentiu pela primeira vez o tratamento diferenciado por ser mulher: “Na minha perspetiva não há nenhum perito interessado em passar um outro perito, uma vez que este acabará por ser seu concorrente”.

Após este primeiro revés no seu percurso, Fátima acaba por ficar abalada e desiludida, perdendo vontade de repetir o exame pois “senti que estavam a gozar comigo, talvez por ser mulher e porque não era ali o meu lugar”.

Em 2011 decidiu voltar a repetir o exame, já grávida do seu terceiro filho. Sem que ninguém soubesse do seu “estado de graça“ preparou-se de todas as formas para que não voltar a repetir o anterior fracasso.

Já com o seu diploma como examinadora permaneceu, até ao início deste ano, na escola de condução onde iniciou a sua formação, após o que em resultado de acontecimentos terceiros sentiu a necessidade de abrir o seu próprio negócio.


Mulher ao volante; perigo constante?

Não! É mentira. Os homens têm mais acidentes e mais graves. As mulheres por norma têm acidentes menos graves devido à velocidade. A velocidade é que muda tudo!
Nos exames de condução um examinador sabe como chumbar um homem e uma mulher, ou seja, a mulher chumba mais facilmente na autoestrada e o homem chumba mais em zonas de 30 km e no STOP.
É verdade que senti muito machismo entre colegas de profissão.
Mas também senti o mesmo em relação aos alunos, na sua maioria árabes. Não aceitam as ordens que dou e quando falo em ordens refirou–me, tão somente, a simples indicações. Acabei mais tarde por saber que me escolhiam devido ao nome Fátima que era o nome da filha do profeta em quem eles acreditavam e lhes trazia sorte…



Breves

Raquel Rocheta : ” Quando a Mariana visita o pai (Carlos Cruz) na prisão vem de lá muito triste “

Vida

Calado expulso do ” Big Brother Vip “

Vida

Gaby Amarantos, a “ Beyoncé do Pará “ : ” Tenho a “ piriquita “ mais desejada do Brasil “

Vida

Sting vai lançar o primeiro disco de originais em dez anos

Vida

Angelina Jolie festejou 38 º aniversário em Paris na companhia de Brad Pitt

Vida

Michael Douglas desmentiu que tenha dito que o seu cancro se deveu a sexo oral

Vida

Os ” Azeitonas “ vão apresentar um novo disco em dois concertos nos Coliseus do Porto e de Lisboa no próximo mês de Novembro

Vida

Sofia Vergara : ” Escolho brincos vistosos para que não olhem para o meu peito “

Vida

Cristinina Ferreira tem mais de 500 mil seguidores no Facebook

Vida

Victória Guerra vence Globo de Ouro para na categoria Revelação do Ano

Vida

Teatro Aberto pode fechar portas em Junho

Vida

Eunice Muñoz luta contra um linfoma

Vida

Realizadores portugueses João Nicolau e André Gil Mata premiados em Cannes

Vida

” La Vie d’ Adèle “ venceu a Palma de Ouro de Cannes

Vida

Inês Castel-Branco e Filipe Pinto Soares vão separa – se após 10 anos de vida em comum

Vida

Morreu, aos 79 anos, o cantor francês Georges Moustaki

Vida

Gérad Depardieu vai filmar dois filmes na Chechénia e já é dono de um restaurante na Rússia

Vida

Sérgio Godinho vai apresentar ” Carissimas Canções “ em Lisboa e no Porto

Vida

Namorada de Cristiano Ronaldo fez subir a temperatura em Cannes

Vida

Sara Norte já saiu da prisão

Vida

Raquel Rocheta : ” Quando a Mariana visita o pai (Carlos Cruz) na prisão vem de lá muito triste “

Vida

Calado expulso do ” Big Brother Vip “

Vida

Gaby Amarantos, a “ Beyoncé do Pará “ : ” Tenho a “ piriquita “ mais desejada do Brasil “

Vida

Sting vai lançar o primeiro disco de originais em dez anos

Vida

Angelina Jolie festejou 38 º aniversário em Paris na companhia de Brad Pitt

Vida

Michael Douglas desmentiu que tenha dito que o seu cancro se deveu a sexo oral

Vida

Os ” Azeitonas “ vão apresentar um novo disco em dois concertos nos Coliseus do Porto e de Lisboa no próximo mês de Novembro

Vida

Sofia Vergara : ” Escolho brincos vistosos para que não olhem para o meu peito “

Vida

Cristinina Ferreira tem mais de 500 mil seguidores no Facebook

Vida

Victória Guerra vence Globo de Ouro para na categoria Revelação do Ano

Vida

Teatro Aberto pode fechar portas em Junho

Vida

Eunice Muñoz luta contra um linfoma

Vida

Realizadores portugueses João Nicolau e André Gil Mata premiados em Cannes

Vida

” La Vie d’ Adèle “ venceu a Palma de Ouro de Cannes

Vida

Inês Castel-Branco e Filipe Pinto Soares vão separa – se após 10 anos de vida em comum

Vida

Morreu, aos 79 anos, o cantor francês Georges Moustaki

Vida

Gérad Depardieu vai filmar dois filmes na Chechénia e já é dono de um restaurante na Rússia

Vida

Sérgio Godinho vai apresentar ” Carissimas Canções “ em Lisboa e no Porto

Vida

Namorada de Cristiano Ronaldo fez subir a temperatura em Cannes

Vida

Sara Norte já saiu da prisão

Vida
Meteorologia
22°C° | 8°C°  
próximos dias
Tenha um novo e-mail:
o-seu-nome@tuga.lu é grátis!

Receba as notícias no seu e-mail.

Inquérito online


IMOBILIARIO: Europa à venda | Europa para alugar | Europa férias por épocas | Autriche | Belgique | Bulgarie | France | Allemagne | Pays-Bas | Ireland | Italie | Luxembourg | Pologne | Portugal | Espagne | Suisse | Royaume-Uni